sexta-feira, 23 de maio de 2008

Peixe Assado à Minha Moda

Esta é a minha maneira de assar peixe.
Prefiro assar um peixe mais pequeno, um para cada um, que assar um grande e depois separar em postas, mas podem fazer a mesma receita com um peixe maior, só que assa durante mais tempo, uns 30 minutos talvez.
O segredo do meu é assar apenas 20 minutos, desta maneira o peixe não fica seco.
Por assar em tão pouco tempo, costumo dar um entalão na cebola, tomate e fritar as batatas porque o tempo de cozinhar o peixe não é suficiente para os cozinhar, nem assar as batatas.
Em vez de batatas fritas, podem dar uma fervura de uns 5 minutos nas batatas, antes de as colocarem para assar que também deve resultar e fica mais light.



Ingredientes:
  • 1 robalo ou dourada por pessoa
  • batatas aos cubos q.b.
  • 2 cebolas ás rodelas ou em meias luas
  • 4 dentes de alho
  • 1 lata de tomate pelado pequena, ou 6 tomates de uma lata grande, ou 2 maduros
  • 1 folha de louro
  • sal
  • pimenta
  • piri-piri
  • colorau/pimentão doce
  • azeite
  • 1/4 de copo de vinho branco
  • oregãos em folha
Preparação:

Arranjar o peixe, dar uns golpes com uma faca, colocar o peixe no tabuleiro e temperar com sal, pimenta, colorau, e o vinho branco, esfregar e deixar tomar gosto pelo menos meia hora.
Fritar as batatas temperadas com um pouco de sal fino(não é preciso ficarem muito fritas, porque ainda vão ao forno).
Descascar as cebolas e os alhos e cortar ás rodelas, colocar numa frigideira, regar com azeite e deixar refogar até a cebola começar a amolecer, mas sem deixar corar. Juntar o tomate e a folha de louro. Temperar com um pouco de sal, pimenta e o piri-piri, deixar cozinhar mais um pouco.
Rodear o peixe com as batatas fritas, cobrir com a cebolada e polvilhar com oregãos. Levar ao forno pré aquecido a 220º no turbo e deixar assar 20 minutos. Retirar do forno e servir logo, acompanhado por uma boa salada de alface e um bom vinho.


Esta quantidade de cebolada foi para dois, mas pode ir até 4 peixes no máximo, se forem mais, vão ter de aumentar as quantidades.

1 comentário:

AgriCabaz disse...

Boa tarde
Conhece a Salicórnia da Salina Eiras Largas da Figueira da Foz, em Portugal?
Uma planta halófita que dá para substituir o sal nalguns pratos, como por exemplo nas Saladas.
À venda na loja do AgriCabaz em Coimbra. Envio pelo correio.
http://agricabaz.blogspot.com/
agricabaz@gmail.com
Obrigada